Plástica Tocantins Plástica São Paulo Plástica Paraná Plástica Pará Plástica Maranhão Plástica Mato Grosso do Sul Plástica Bahia Plástica Alagoas Plástica Acre Plástica Espirito Santo Plástica Piauí Plástica Mato Grosso Plástica Ceará Plástica Minas Portal Plástica Sergipe Portal Plástica Pernambuco Portal Plástica Rio Plástica Santa Catarina Plástica Rondônia Plástica Paraiba Plástica Rio Grande do Sul Plástica Amazonas Plástica Amapá Plástica Rio Grande do Norte Portal Plástica Goiás Plástica Roraima Plástica Brasília

PEITORAL - PRÓTESE MASCULINA


O corpo com o qual você nasceu pode ou não ter as curvas e musculatura desejadas. Em alguns casos, danos var: drdcarvalho decorrentes de um acidente ou de determinadas condições de saúde podem dificultar a melhora de certas áreas apenas com exercícios. O peitoral pode ser aumentado apenas com o uso de implantes ou em conjunção com a transferência de gordura corporal, dependendo das mudanças desejadas e da disponibilidade de gordura corporal. Os implantes peitorais foram concebidos para alterar as formas do peitoral, melhorando a sua aparência e autoconfiança.

3D Animation

Implantes peitorais

Os implantes de peito, também conhecidos como implantes peitorais ou subpeitorais, são feitos de silicone macio e sólido. Os implantes normalmente são escolhidos para melhorar áreas do corpo por uma das razões a seguir: • as áreas são assimétricas • uma área não está bem desenvolvida • uma área teve redução de estrutura óssea ou muscular devido a uma condição de saúde • uma área perdeu volume como parte do processo natural de envelhecimento Os implantes de contorno peitoral melhoram ou acentuam a aparência do contorno corporal e o volume muscular.

Implantes peitorai

Incisão e formação de bolsa do implante peitoral

Esta animação mostrará as técnicas de incisão mais comuns para um procedimento de implante peitoral. Este método, chamado de técnica transaxilar, faz uma incisão ao longo da cavidade da axila. Com o uso de um eletrocautério, o médico cuidadosamente fará um corte horizontal sob as camadas da pele, e depois avançará até o músculo peitoral maior. Utilizando um instrumento para dissecação, ou a ponta dos dedos, o médico cuidadosamente forma uma pequena bolsa entre o peitoral maior e o peitoral menor. O médico pode optar pela utilização de um endoscópio com cauterização para fazer a bolsa do implante na musculatura. A margem inferior da bolsa permanecerá sobre a dobra inframamária, o que é importante para a manutenção da aparência da musculatura masculina.

Incisão e formação de bolsa do implante peitoral

Inserção do implante

Os implantes peitorais são flexíveis, o que permite que sejam dobrados e inseridos por uma pequena abertura. O médico inserirá e posicionará cuidadosamente um implante estéril, assegurando sua acomodação sem causar tensão entre as camadas do músculo. A colocação dos implantes entre o tecido muscular existente esconde os implantes e proporciona uma aparência confortável e natural. Quando o implante estiver inserido, o médico verificará se a aparência está natural e se ambos os lados estão simétricos. Um dreno de aspiração pode ser usado temporariamente, permitindo que o líquido saia do seu corpo durante a cicatrização. Em seguida, a abertura para a bolsa muscular de cada implante é suturada com pontos absorvíveis. A incisão na pele ao longo da axila é suturada e a pele é fechada. Finalmente, aplicam-se bandagens em cada axila para proporcionar compressão e suporte.

Inserção do implante

Recuperação do implante peitoral

O médico pode solicitar a utilização de malha de compressão por três a quatro semanas. Esta vestimenta ajuda a reduzir o inchaço mediante a prevenção de acúmulo de líquido, melhorando a circulação sanguínea e o suporte para o novo contorno peitoral durante a cicatrização. Pode haver rigidez e inchaço nas axilas e no peito resultantes da incisão e de tecidos distendidos durante a cirurgia. Os drenos cirúrgicos geralmente serão removidos em cerca de cinco dias a uma semana. Os implantes são flexíveis e firmes, dando a sensação de músculo peitoral após exercício. Embora você possa se sentir bem o suficiente para voltar ao trabalho e às atividades normais em uma a três semanas após o procedimento, é necessário evitar levantamento de peso ou esforço que envolva o peito ou a região do braço por um mês e meio aproximadamente.

Recuperação do implante peitoral

Resultado

Os resultados dos procedimentos de implante peitoral podem ser observados imediatamente. O edema após o procedimento poderá deixar a pele com um aspecto brilhante no início, mas ele deverá diminuir dentro de algumas semanas, e a pele recuperará a aparência normal. Com a diminuição do inchaço, a área que recebeu o implante terá um aspecto ainda mais natural. Os implantes são colocados de tal modo que não se movimentem, e o músculo ao redor dos implantes esticará para acomodá-los confortavelmente nos meses seguintes. As cicatrizes são escondidas em sulcos onde sejam de difícil detecção, e desaparecerão consideravelmente ao longo do tempo, tornandose praticamente imperceptíveis. Com os implantes peitorais, é possível alcançar o formato, a definição e o contorno do seu peitoral que você sempre quis.

Preparação para o procedimento

Cadastre-se para receber nosso informativo por e-mail
nome:
e-mail:

 
Dr. J. B. Fortaleza De Araujo
Cirurgião Plástico
CRM-CE: 2945
FORTALEZA
Dr. Valério Cesar Silveira Gomes
Cirurgião Plástico
CRM-CE: 2438
RQE: 1414
SAO PAULO
Dr. Cláudio Cortez Dos Santos
Cirurgião Plástico
CRM-CE: 6748
RQE: 3391
FORTALEZA
Dr. Edilson Nogueira Pinheiro
Cirurgião Plástico
CRM-CE: 6890
RQE: 3130
FORTALEZA
Dr. Oscar Costa De Castro
Cirurgião Plástico
CRM-CE: 1437
RQE: 283
FORTALEZA
Dr. Ricardo Medeiros Gadelha
Cirurgião Plástico
CRM-CE: 4159
RQE: 2735
GUARATINGUETA
Dr. Jaime Marques Nogueira Filho
Cirurgião Plástico
CRM-CE: 6099
RQE: 1967
FORTALEZA
Dr. Janete Clívea Eleutério De Oliveira
Cirurgião Plástico
CRM-CE: 11112
RQE: 5546
FORTALEZA
Dr. George Régis Barroso Do Nascimento
Cirurgião Plástico
CRM-CE: 6126
RQE: 2700
FORTALEZA
Dr. Rosely Moraes Gonçalves De Moura
Cirurgião Plástico
CRM-CE: 5603
RQE: 1798
FORTALEZA
Dr. Carlos Henrique Guedes Nogueira
Cirurgião Plástico
CRM-CE: 4567
RQE: 1575
FORTALEZA
Dr. Afonso De Souza Ribeiro Filho
Cirurgião Plástico
CRM-CE: 3929
RQE: 1334
FORTALEZA
Dr. Francisco Jose Sales De Siqueira
Cirurgião Plástico
CRM-CE: 2677
RQE: 2168
JUAZEIRO DO NORTE
Dr. Silvio Lemos
Cirurgião Plástico
CRM-CE: 5489
RQE: 1265
FORTALEZA
Dr. Paulo Regis De Oliveira Teixeira
Cirurgião Plástico
CRM-CE: 4700
RQE: 1282
FORTALEZA
Dr. Gabino Nogueira Queiroz De Albuquerque
Cirurgião Plástico
CRM-CE: 5599
RQE: 2020
FORTALEZA
Dr. Emilianne Monteiro Coêlho
Cirurgião Plástico
CRM-CE: 8449
RQE: 3313
FORTALEZA
Dra. Rebeca Aguiar Dias Janebro
Cirurgiã Plástica
CRM-CE: 6785
RQE: 2870
FORTALEZA
Dr. Davi Pontes Cardoso
Cirurgião Plástico
CRM-CE: 11052
RQE: 6033
FORTALEZA
Listar Todos

Cirurgia Plástica é Com Cirurgião Plástico
Pesquisa Google
Cirurgias Plásticas
ABDOME - ABDOMINOPLASTIA CLÁSSICA ABDOME - ABDOMINOPLASTIA EM ÂNCORA ABDOME - ABDOMINOPLASTIA MINI
ABDOME - LIPOABDOMINOPLASTIA ABDOME - LIPOASPIRAÇÃO ÁCIDO HIALURÔNICO
ACNE - TRATAMENTO A LASER BIOPLASTIA BRAÇO - LIPOASPIRAÇÃO
BRAÇO - PLÁSTICA CABELO - EXPANSÃO DO COURO CABELUDO CABELO - REDUÇÃO DO COURO CABELUDO
CABELO - TRANSPLANTE CAPILAR CERATOSES CICATRIZES
CICATRIZES - TRATAMENTO A LASER CICATRIZES - TRATAMENTO CIRÚRGICO CIRURGIA CIRCUNFERENCIAL (360º)
CIRURGIA MICOGRÁFICA DE MOHS CISTOS COLÁGENO
CORPO - LIPOESCULTURA COXAS - IMPLANTE COXAS - LIFTING
COXAS - LIPOASPIRAÇÃO CRÂNIO E FACE - DEFORMIDADES CONGÊNITAS CRANIO MAXILO FACIAL
CULOTE - LIPOASPIRAÇÃO DEPILAÇÃO A LASER ESCLEROTERAPIA - REMOÇÃO DE VEIAS COM LASER
ESTRIAS - TRATAMENTO A LASER FACE - LIFITING DO TERÇO INFERIOR FACE - LIFITING DO TERÇO MÉDIO
FACE - MINILIFTING FACE - PLÁSTICA FACE - REJUVENESCIMENTO POR FIOS(RFA-ROUND BLOCK)
FISSURAS LÁBIO PALATO GLÚTEOS - LIPOASPIRAÇÃO GLÚTEOS - LIPOENXERTIA
GLÚTEOS - PRÓTESE HEMANGIOMAS HIPERIDROSE AXILAR
IMPLANTES DE BOCHECHA - MALAR LIFTING TESTA - CORONAL LIPOMAS
MAMA - IMPLANTE DE SILICONE MAMA - MAMOPLASTIA DE REDUÇÃO MAMA - MAMOPLASTIA DE REDUÇÃO VIA AXILAR
MAMA - RECONSTRUÇÃO APÓS MASTECTOMIA MAMA - SUSPENSÃO MAMA - SUSPENSÃO COM IMPLANTES
MÃOS - REJUVENESCIMENTO A LASER MÃOS - REJUVENESCIMENTO ENXERTO DE GORDURA MICRODERMOABRASÃO
NARIZ - RINOPLASTIA ABERTA NARIZ - RINOPLASTIA FECHADA NINFOPLASTIA - CIRURGIA ÍNTIMA FEMININA
NINFOPLASTIA - CIRURGIA ÍNTIMA MASCULINA OLHEIRAS - TRATAMENTO A LASER ORELHAS
ORELHAS - SEM CORTE ORTOGNÁTICAS PÁLPEBRAS - INFERIORES (EXTERNA)
PÁLPEBRAS - INFERIORES (INTERNA) PÁLPEBRAS - OCIDENTALIZAÇÃO PÁLPEBRAS - SUPERIORES
PANTURRILHA - PRÓTESE PEELING QUÍMICO MÉDIO PEELING QUÍMICO PROFUNDO
PEELING QUÍMICO SUPERFICIAL PEITORAL - GINECOMASTIA PEITORAL - PRÓTESE MASCULINA
PESCOÇO PESCOÇO - LIPOASPIRAÇÃO PROTETOR SOLAR
QUEIMADURAS - CIRURGIA REPARADORA QUEIXO - IMPLANTE PRÓTESE QUELÓIDES - TRATAMENTO A LASER
QUELÓIDES - TRATAMENTO CIRÚRGICO REJUVENESCIMENTO DE PELE COM LASER RUGAS - TRATAMENTO A LASER
SINAIS - RETIRADA SOBRANCELHAS - IMPLANTE CAPILAR TESTA - LIFITING
TESTA - LIFITING COM ENDOSCÓPIO TORSOPLASTIA TRANSFERÊNCIA DE GORDURA
TRATAMENTO DE RUGAS TRATAMENTO DE TELEANGIECTASIAS TUMORES DE PELE - TRATAMENTO CIRÚRGICO
VERRUGAS
Movimento Nacional de Valorização da Cirurgia Plástica